Domingo, 21 de Setembro de 2008

PADRE Antonino Barata Reis

 

PADRE Antonino Barata Reis
 
29-09-2003. Cinco anos passaram e na memória ficou a imagem do trabalho, dedicação e coragem nos locais por onde passou… A família lembra assiduamente uma das suas mais importantes referências…
 
Como padre começou, em 1959, sendo ajudante do Pe. José Marques dos Santos em Seixo da Beira e Ervedal da Beira. Esteve como pároco em Pomares e depois em Góis onde foi, também, um dos primeiros professores da telescola, por coincidência, na sede do seu concelho de nascido. Esteve em Vila Cabral e Vila Nova Freixo (Moçambique) onde ainda hoje se encontram algumas obras de sua responsabilidade. Ali trabalhou com sua Exia. Reverendíssima Sr. D. Eurico Dias Nogueira.
Quando regressou de África paroquiou Figueira do Lorvão (Penacova), Vila Facaia, Vila Nova do Ceira, Portela do Fojo e Machios, localidades onde deixou muitas amizades e quando por ali passo, e o seu nome vem à conversa, existem muitas saudades de quem lidou com ele.
 
Apesar de todo o trabalho nas freguesias onde passou conseguiu a Licenciatura em História.
 
Os últimos vinte anos da sua vida foram de grande sofrimento, por doença irreversível, mas doente e mesmo muito doente nunca deixou de cumprir os seus deveres eclesiásticos e de homem bom.
 
Ao longo de toda a sua vida sacerdotal, vinha a Cortes sempre que podia e quando acontecia era raro o dia que a localidade ficasse sem a celebração da santa missa. Era norma vir passar férias a Cortes e sempre que podia dava uma ajuda, nas diversas tarefas, aos párocos que passaram pela freguesia de Alvares. Aconteceu ter auxiliado algumas famílias Cortenses carenciadas nos mais diversos tipos de apoio.
 
Foi sócio da Comissão de Melhoramentos de Cortes e do Grupo Onomástico "Os Mistos" até à data da sua morte.
 
Deixou instruções e uma verba para que fosse adquirido um órgão para que melhor fosse acompanhada a santa missa e outras celebrações na capela de Cortes.

 

Quando construiu casa em Cortes fê-lo por amor à sua terra e à família.

Família que o acompanhou ao longo de toda a sua vida de pároco nas citadas localidades, pela irmã Graça, pela mãe Isaura, ou ainda pela irmã Isabel, excepção apenas no tempo que esteve em Moçambique.
 
Para quem o acompanhou nos últimos anos de vida sabe que o sofrimento foi muito e a doença mais os medicamentos foram-lhe esgotando as forças no leito da morte.
 
Estiveram trinta amigos padres e o Sr. D. Albino Cleto, bispo de Coimbra, na missa de corpo presente realizada na capela de Cortes no dia 30 de Setembro de 2003, bem como um grande número de ex-paroquianos, para alem dos conterrâneos.
 
Está sepultado no cemitério de Cortes, sendo, até esta data, o único padre natural de uma terra que foi “escolhida” para ter um filho como o Padre Antonino…
 
Padre Antonino “ÉS   SACERDOTE    ETERNO”
 
 
                                                           João Reis Antão, 20-09-2008
                                        jrantao@sapo.pt
 
 
 
 
 

 

 

 

publicado por cmcortes às 22:06

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008

CORTENSE DE GEMA

 

CORTENSE DE GEMA
 
 
Festa anual
 
Mais um ano, mais uma festa, mais um reencontro, mais convívio, mais tradição, mais alegria…, mais… mais sabor a pouco.
 
--- Ao longo dos quatro dias as “PESSOAS” foram o mote da Festa em honra de S. João Batista – Cortes 2008.
Do programa constavam cerca de duas dezenas de actividades e às “PESSOAS” foi lembrado que são “PESSOAS” que vivem com “PESSOAS” que trabalham para as “PESSOAS”. Os nomes de quem ia trabalhando iam passando.
Julgamos que a mensagem passou. Aguardemos…
 
--- Este ano, a festa teve algumas animações diferentes, como uma Garraiada, os inesgotáveis Seca-Adegas (foram 14 “catorze” horas), os slides e uma das Fogaças totalmente composta por elementos produzidos na localidade de Cortes, não só agrícolas como de artesanato. Sem esquecer uma Alvorada ao som de Clarim…!!!
Tivemos ainda, altas horas da madrugada, cantares à desgarrada, com o Tiago e o Gonçalo acompanhados pelo acordeão do “Rafael”. Fixem estes jovens nomes…
Quero aqui deixar registado um donativo em espécie, também ele original e que foi conseguido pelo mordomo mais novo e que fez as delicias de muitos dos que passaram pelo recinto de festas e não só.
 
--- Até tivemos o privilégio da “PESSOA” mais idosa de Cortes, o ti “Aires da Bica”, dar as “boas noites” pelo sistema de som para toda a aldeia. O ti Aires e a esposa apesar da idade avançada e doentes, estiveram todas as noites no recinto da festa. Desejamos-lhe Longa vida e um grande Bem-haja…
 
--- Em jeito estatístico, julgo que o sábado da festa deve ter chegado ao segundo lugar, nos últimos quarenta anos, em número de pessoas presentes no recinto da festa. Se contarmos com os que estiveram na Garraiada da tarde e que não ficaram para a noite pode ter sido batido o recorde absoluto de 1999 no ano em que esteve o artista “Emanuel”.
 
--- O saldo recreativo-cultural foi bastante positivo.
O saldo financeiro, posso já avançar, também foi positivo.
Não faz parte do resultado financeiro, mas os idosos do Lar de Cortes também saborearam da festa com Carne, fruta e outras iguarias ali entregues pela Comissão de Festas.
 
--- Quero aqui recordar que a semana anterior à festa começa a ter pergaminhos de cultura e recreio algo originais e que outros lugares começam a repetir.
Este ano para alem da “Summer Party”, pelo quinto ano consecutivo, esteve também uma exposição de artesanato que encheu por completo o salão da casa de cultura e recreio. Artesanato esse, totalmente elaborado por mãos de Cortenses e que será exposto na próxima Jornada Cultural da Freguesia de Alvares a realizar em Cortes durante um dos fins-de-semana do próximo mês de Junho de 2009.
 
--- Lembro ainda a inauguração da 2ª fase da remodelação da Fonte do Casal que aconteceu pelas 15h do dia 30 de Agosto, sábado, com a presença de muitos Cortenses e amigos de Cortes, bem como das entidades oficiais convidadas, o Sr. Eng.º Diamantino em representação do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Góis e o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Alvares, Sr. Dr. Vítor Duarte; dos arquitectos Fernando Dores Pereira e Isabel Pereira e do doador do terreno contíguo à fonte, Sr. António Mendes Silva.
A água tinha sido analisada e, na altura, estava própria para ser bebida.
 
--- Em conclusão é de registar o amplo trabalho desenvolvido por toda a comunidade, ou seja, por “PESSOAS”, principalmente a interacção Comissão Melhoramentos|Juventude|Comissão de Festas.
 
--- Será esta uma festa apenas de nostalgia, copos e … ?
Nããooo…! CORTES… tem muito mais!
 
                                               João Reis Antão 14-09-2008
 
publicado por cmcortes às 15:42

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Assembleia Geral e Homena...

. inauguração da eletricida...

. 81º aniversário e resulta...

. Foz de Mega - mato

. MANUEL AMARO

. CONVOCATORIA

. BELMIM MATEUS FOLGOSA

. SELADA

. CORTES DE ALVARES - r...

. ADIBER

.arquivos

. Outubro 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds